Se não for pra causar (o bem), eu nem vou!

Quantas pessoas você conhece com a capacidade de beneficiar alguém simplesmente com a presença? De alegrar as horas de quem está ao lado, de cumprimentar simplesmente quem está apenas de passagem, de iluminar o dia de alguém?
Essa não é uma missão fácil, afinal, carregamos tantas, aflições, incompreensões, intolerância, dificuldades de todos os tipos, que pensar em tornar o dia de alguém melhor, se torna uma tarefa muito difícil.
Mas você já parou para pensar que essa mesma pessoa que tem a capacidade de causar o bem em quem está a sua volta, também tem problemas? Que todos nós temos as nossas dores, com intensidades diferentes, mas uma não é maior que a do outro? Que não podemos julgar a dor do outro pelo sorriso que ele sustenta no rosto?
Nenhum de nós temos certeza do amanhã, de como concluiremos o nosso dia, pode ser que ele nos surpreenda com reviravoltas em nossas vidas, portanto, sejamos mais compreensivos, comedidos, pacientes com a vida, com as pessoas, suas e nossas dores.
Jamais deixe de cumprimentar, sorrir, abraçar, beijar, comemorar, auxiliar, estar presente nas dificuldades e conquistas. Enquanto as horas dos dias se renovam, iniciemos nossa missão particular, individual, de causar o bem, pois somente assim ele vem!

Você conhece alguém assim? É você? Se não for, não tem problema, vamos melhorar juntos?

 

2 thoughts on “Se não for pra causar (o bem), eu nem vou!

  1. Conheço algumas poucas pessoas assim. É online vc sem dúvida é uma delas. Sua energia é maravilhosa. O q está esperando para colocar tbm os vídeos, até os mais simples, no youtube?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *